Simulação de crédito para baixar a prestação mensal

Simulação de crédito para habitação, com exemplos para simular empréstimo, incluindo juros, encargos mensais e seguros. Simular financiamento para encontrar a menor prestação mensal!

O peso da divida
O peso da divida

Na compra de habitação própria com recurso a empréstimo, fizemos no artigo anterior alguns exercícios de simulação de crédito, com várias alternativas que se podem colocar. Vamos agora simular financiamento com mais algumas hipóteses, com vista a uma prestação mensal mais baixa possível.

Exemplo Inicial:

Vamos manter os pressupostos de crédito à habitação do exercício inicial do artigo anterior, para simular empréstimo, no valor de 100.000€ e sem pretendermos simular financiamento para aquisição de outros bens.

Na simulação de crédito, consideramos a Euribor a 6 meses fixada em -0,258% e um spread de 1,5%.

Assim, a taxa de juro anual nominal (TAN), como vimos, será de 1,5% – 0,258% = 1,242%

Partimos do princípio que pretendemos um período de carência de 6 meses e não vamos utilizar a possibilidade de haver diferimento de capital.

Vamos admitir que os encargos iniciais do empréstimo são 750€, para avaliação do imóvel, análise da operação pela Instituição Bancária, preparação e concretização da escritura do contrato de compra e venda e também da hipoteca.

Custo mensal da comissão bancária, 3€.

Admitimos, para a simulação de crédito, que os prémios de seguro têm um valor anual de 250€ (seguro de vida habitação e seguro multiriscos habitação).

Caso 1

Vamos alterar o período do empréstimo de 240 para 300 meses (25 anos) e simular financiamento.

Usando o simulador do Banco de Portugal chegamos ao seguinte:

Impacto do prazo com simulação de crédito
Impacto do prazo com simulação de crédito

A prestação mensal passa de 495,91€ para 412,81€, porque o período de amortização aumentou de 20 para 25 anos. Uma redução de 83,1€ (16,8%). Mas, “não há bela sem senão” e claro que, sendo o período do empréstimo maior, o valor total de juros a pagar, seguros e outros custos também aumenta.

A seguir, vamos simular empréstimo admitindo que se consegue negociar com o Banco, um valor para os seguros mais favorável.

Caso 2

Impacto dos seguros na prestação

Seguro de vida habitação, 50€

Seguro multiriscos habitação, 100€

Total, 150€

Estamos a admitir que os valores anuais dos seguros não se alteram e que são 150€. Contudo, é natural que o seu Banco possa diminuir este valor ao longo do tempo. Se for o caso, use os valores que o Banco lhe entregar ou então considere um valor médio anual, como fizemos na simulação do crédito.

Restantes pressupostos iguais ao exemplo inicial

Simular financiamento e impacto dos seguros na prestação
Simular financiamento e impacto dos seguros na prestação

Assim, a prestação mensal passa de 495,91€ para 404,48€, uma redução de 91,43€ (495,91 – 404,48) ou seja 18,4%. Comparando a simulação de crédito para o mesmo período, a prestação reduz de 412,81€ para 404,48€, menos 8,33€ (2%).

Caso 3

Em seguida vamos simular financiamento, só alterando o período de carência, que passa a não existir.

Simular empréstimo sem período de carência
Simular empréstimo sem período de carência

A prestação mensal passa então a ser de 403,55€, um pouco mais que no caso anterior, 0,93€ (404,48€ – 403,55€) mas com a vantagem de reduzir os juros e outros encargos.

Não há dúvida que escolher o Banco e negociar as condições é fundamental. As comissões, encargos e seguros, variam de Banco para Banco, sendo que o principal foco da negociação deve ser o spread e, com estes fatores negociados, pode ainda considerar o período de carência e o prazo de amortização.

Não perca os próximos artigos. Registe o seu mail, para ser notificado gratuitamente dos nossos novos artigos.

Siga o Pássaro no Ombro numa das redes sociais em que estamos.

Partilhe este artigo, na sua rede social preferida.

Faça um comentário e dê as sugestões que entender.


 

Siga-nos e faça um Like:

Simulação de empréstimo para habitação própria permanente

Calcular o custo do crédito à habitação própria permanente, incluindo juros, encargos mensais e seguros, para saber as prestações mensais a pagar. Simulação de empréstimo. Vamos fazer as contas com alguns exemplos e simulações!

Crédito à habitação
Crédito à habitação

Na compra de habitação própria permanente, com recurso a crédito à habitação é boa prática fazer exercícios de simulação de empréstimo das várias hipóteses que se podem colocar. Para desbravar um pouco esse caminho, vamos apresentar alguns casos e o impacto nas prestações mensais.

Exemplo 1:

Continue reading “Simulação de empréstimo para habitação própria permanente”

Siga-nos e faça um Like:

Compra de Casas ou Arrendamento para habitação

Em Portugal, é melhor o arrendamento urbano ou a compra de casas para habitação? Vamos fazer as contas com alguns exemplos!

Arrendar ou Comprar
Arrendar ou Comprar

Os preços do arrendamento urbano e da compra de casas para habitação têm aumentado em Portugal, com a pressão do turismo, da permanência dos residentes não habituais e do mercado do alojamento local. Há poucas casas para arrendamento e isso faz com que o valor das rendas aumente e alguma oferta destinada ao arrendamento urbano, foi provavelmente vendida. Esta realidade é particularmente evidente nas zonas de Lisboa, onde a referida pressão tem sido grande.

Continue reading “Compra de Casas ou Arrendamento para habitação”

Siga-nos e faça um Like:

Matérias Primas do seu negócio, avaliar custos em 6 passos

Com o menu de restaurante caseiro ou outro cardápio vamos calcular os custos das matérias primas e ver o resultado do projeto de restauração. É o que iremos exemplificar!

 

Cramble de maçã
Cramble de maçã

Analisámos a margem de lucro, do nosso exemplo de restauração, relativo a um dos produtos no cardápio dos nossos almoços.

Já tínhamos definido que iríamos considerar outros produtos e serviços no Plano de Negócios de restauração, para discutir o impacto da estratégia nos custos das matérias primas na confeção das iguarias do nosso menu de restaurante.

1.Plano de vendas diário

Como já tínhamos visto, com o cardápio de todos os produtos, chegámos ao plano de vendas diário seguinte:

Continue reading “Matérias Primas do seu negócio, avaliar custos em 6 passos”

Siga-nos e faça um Like:

Calcule o Custo de Produção do seu negócio em 5 passos

Calcular os custos de produção do seu negócio, para chegarmos à margem de contribuição ou margem bruta. Veja-nos a calcular a margem de lucro!

Margem de Contribuição Negócio de Restauração
Negócio de Restauração

Na sequência do plano de vendas que elaborámos, continuamos o nosso exercício, agora, para avaliar o custo de produção e calcular margem de lucro, margem bruta ou margem de contribuição, como também se diz.

Vamos utilizar o mesmo exemplo de Plano de Negócios:

Negócio na restauração, agora para discutir o impacto das nossas ideias e estratégia e calcular margem de lucro.

1.Os produtos que vendemos por dia

Continue reading “Calcule o Custo de Produção do seu negócio em 5 passos”

Siga-nos e faça um Like:

Registo Online e Dístico da EMEL Lisboa – Estudo de Caso

O estacionamento em Lisboa com a aplicação EMEL ePark. A qualidade na prestação de serviços da EMEL Lisboa. O registo online e o pedido de dístico de residente.

Na sequência dos nossos artigos anteriores, vamos fazer um ponto de situação, não só da nossa experiência na utilização da aplicação EMEL ePark para o estacionamento em Lisboa mas, também, da interação com a EMEL Lisboa no registo online e no pedido de dístico de residente.

Continue reading “Registo Online e Dístico da EMEL Lisboa – Estudo de Caso”

Siga-nos e faça um Like:

Exemplo de Plano de Negócios com Plano de Vendas em 5 passos

Como fazer um Plano de Negócios, iniciando pelo plano de vendas, com exemplo de plano de negócios e vários produtos é o que aqui faremos!

Na sequência do artigo anterior, tratamos agora de, como fazer um plano de negócios, começando por delinear o plano de vendas.

Empresário Consultor Plano de Vendas
Consultor para o Plano de Vendas

Exemplo de Plano de Negócios

Queremos abrir um restaurante e estamos a discutir o impacto das nossas ideias e estratégia, no plano de vendas.

Continue reading “Exemplo de Plano de Negócios com Plano de Vendas em 5 passos”

Siga-nos e faça um Like:

5 pontos a considerar no Plano de Negócios

Fazer um plano de negócios objetivo, com um exemplo de plano de negócios, custos fixos, custos variáveis e plano de investimento é o que aqui faremos!

Uma vez definido o Modelo de Negócio vamos começar a “fazer contas”, como costuma dizer-se e delinear o Plano de Negócios.

Discussão para um plano de negócios objetivo
Discussão para um plano de negócios objetivo

1.Finalidade do Plano de Negócios

Após ter uma ideia sobre o negócio que pretendemos criar, usando os resultados do Modelo de Negócio, precisamos de sistematizar todas as ideias e quantificar as vendas, nas suas várias vertentes, os custos fixos, o custo de produção e as necessidades de financiamento.

Continue reading “5 pontos a considerar no Plano de Negócios”

Siga-nos e faça um Like:

Como calcular o IMI e o Valor Patrimonial Tributário do Imóvel

Calcular o IMI, o Valor Patrimonial Tributário do Imóvel, usar os coeficientes de localização, de vetustez e outros, para aferir se está a pagar o IMI correto e como pedir reavaliação do IMI é o que vamos fazer.

Como Calcular o IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis

Como calcular o IMI e VPT de Imóveis
Calcular o IMI e VPT de Imóveis

Como calcular o IMI a pagar, tem de saber o Valor Patrimonial Tributário do Imóvel (VPT) depois multiplicar este valor pela taxa de imposto aplicável no respetivo município. O VPT é o valor administrativo do imóvel apurado pela Autoridade Tributária (AT).

Calcular o IMI = Taxa de IMI do Concelho x VPT

A taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis – IMI do Concelho, pode ser consultada no Portal das Finanças, clique na imagem seguinte para se colocar dentro do Portal.

Exemplo:

Continue reading “Como calcular o IMI e o Valor Patrimonial Tributário do Imóvel”

Siga-nos e faça um Like:

Nove ideias a ter em conta para criar um bom negócio, empresário a criar negócio próprio

Para que o empreendimento de um novo negócio, não se torne num pesadelo siga estas nove ideias e orientações e enfrente de forma positiva e resiliente o desafio de construir um bom negócio.

Está a pensar criar um bom negócio? Abrir um restaurante, uma oficina mecânica, uma loja de antiguidades, uma loja de artigos de moda ou um cabeleireiro, entre outros, é o sonho de muitos profissionais de cada sector. Tornar-se empresário e criar negócio próprio.

Empresário. Criar negócio próprio.
Empresário lendo as últimas notícias

No entanto, mesmo que a ideia lhe pareça boa, tem algum receio de que algo não corra bem. Olha para o mercado e parece que já tudo está criado e que dificilmente podemos ter uma boa ideia que consiga impor-se a toda essa concorrência.

Para que a aventura empresarial não se transforme num pesadelo siga estas ideias e orientações e enfrente de forma positiva o desafio de criar negócio próprio e construir um bom negócio.

Continue reading “Nove ideias a ter em conta para criar um bom negócio, empresário a criar negócio próprio”

Siga-nos e faça um Like: