Museu Anjos Teixeira, Sintra

O Museu Anjos Teixeira, inaugurado pela Câmara de Sintra, mostra obras de dois grandes escultores portugueses, pai e filho. Artur e Pedro Anjos, apresentam temas desde a anatomia humana e animal, o trabalho, a liberdade e figuras históricas e religiosas.

O Museu Anjos Teixeira

Museu Anjos Teixeira, inicialmente da Câmara de Sintra
Museu Anjos Teixeira

 

É um Museu pouco conhecido, inaugurado pela Câmara de Sintra em 1976 e que aloja as obras de dois grandes escultores portugueses.

Passamos por ele e não prestamos atenção à placa que o sinaliza.

O Museu Anjos Teixeira, ocupa uma antiga azenha que aproveitava o caudal do Rio do Porto que por ali passava.

A Câmara de Sintra após outras utilizações deste espaço, transformou-o em Museu para receber as obras doadas pelos escultores portugueses, Artur Anjos Teixeira e Pedro Anjos Teixeira, pai e filho.

Por acordo com a Câmara de Sintra, o Mestre Pedro Anjos, a partir de 1977 fez do Museu a sua casa e nela ministrava aulas de escultura a jovens aprendizes.

Artur Anjos Teixeira

O Mestre Artur Anjos Teixeira nasceu em 1880, em Lisboa, onde estudou na Escola de Belas Artes.

Foi para Paris em 1907.

Artur Anjos Teixeira, um dos grandes escultores portugueses
Artur Anjos Teixeira

Em Paris, o Mestre expôs um busto de Aquilino Ribeiro, atualmente no Museu Grão Vasco em Viseu e a obra “O Fauno e a Ninfa”, hoje em exposição no Museu do Chiado em Lisboa.

São também conhecidas as suas obras em Viseu, o “Monumento aos Mortos da Grande Guerra”, em Cascais o “Monumento ao Regimento de Infantaria 19”, em Vila Real a “Estátua de Carvalho Araújo” e em Lisboa, na Avenida da Liberdade, um monumento a Luís da Costa Monteiro.

A “República” que fez para o Palácio de S. Bento, ilustra a vertente dramática da sua obra.

O Mestre Anjos Teixeira, Pai, faleceu em 1935.

Pedro Anjos Teixeira

Pedro Anjos Teixeira, também escultor, nasceu em Paris em 1908 e faleceu em Sintra em 1997.

Pedro Anjos Teixeira
Pedro Anjos Teixeira

Entre as obras que criou está neste Museu a estátua de “Tristão Vaz Teixeira”, um dos descobridores da Madeira, de 1971.

Tristão Vaz Teixeira
Tristão Vaz Teixeira

 

Pedro Anjos foi, em 1959, para o Funchal, onde mostrou toda a sua versatilidade.

Além da escultura também se dedicou ao teatro, onde foi ator e cenógrafo, bem como à música. No Funchal formou a Orquestra de Câmara e aí tocava viola de arco.

Voltou a Sintra em 1977.

Presidiu à Sociedade Nacional de Belas Artes e foi Professor de várias disciplinas ligadas às artes, na Escola António Arroio em Lisboa.

Desenvolveu, como o seu Pai um conjunto de personagens ligados ao mundo do trabalho. Um exemplo é o monumento ao trabalhador rural de 1957.

Monumento ao Trabalhador Rural
Monumento ao Trabalhador Rural

À entrada do Museu está a obra “Os Perseguidos”, realizada em 1969.

Os Perseguidos
Os Perseguidos

A não perder a obra destes escultores portugueses, na sua próxima visita a Sintra.

Siga o Pássaro no Ombro numa das redes sociais em que estamos.

Partilhe este artigo, na sua rede social preferida.

Faça um comentário e dê as sugestões que entender.

E não esqueça, junte-se à nossa rede de seguidores, registando o seu mail para ser notificado de novos artigos.


 

Siga-nos e faça um Like:

Um dia com os Templários

A Ordem dos Templários ou Ordem do Templo e a Ordem na Europa e em Portugal. A sua ligação aos Descobrimentos e o cerco ao Castelo dos Templários em 1190.

Breve História da Ordem dos Templários

Cavaleiro Templário, da Ordem do Templo ou Ordem dos Templários
Cavaleiro Templário

A Ordem dos Templários é fundada em 1118, por Hugo de Payens e mais 8 cavaleiros, com o apoio do Rei Balduíno II de Jerusalém, após a Primeira Cruzada de 1096. O objectivo era o de proteger, quer os peregrinos que se dirigiam para Jerusalém, muitas vezes vítimas de assaltos de ladrões, quer os Reinos Cristãos da Terra Santa, entretanto estabelecidos no Oriente, dos ataques dos muçulmanos.

Continue reading “Um dia com os Templários”

Siga-nos e faça um Like:

Visitar Belmonte, berço de Pedro Álvares Cabral e terra de Judeus

Visitar Belmonte, berço de Pedro Álvares Cabral. O Castelo de Belmonte que foi a casa da família Cabral. A Comunidade Judaica, escondida mais de 500 anos!

Visitar Belmonte, no sopé da Serra da Estrela e é uma das vilas portuguesas mais relacionadas com a epopeia dos Descobrimentos, tendo recebido a sua Carta de Foral de D. Sancho I, 2º Rei de Portugal, em 1199.

Aqui nasceu Pedro Álvares Cabral em 1467 e passou a sua infância, antes de partir para a descoberta de novos mundos.

Estátua de Pedro Álvares Cabral
Estátua de Pedro Álvares Cabral

Andamos pelas ruas para visitar Belmonte e nas fachadas das suas casas descobrimos as histórias dos últimos judeus “secretos”.

Continue reading “Visitar Belmonte, berço de Pedro Álvares Cabral e terra de Judeus”

Siga-nos e faça um Like:

Vilas de Portugal. Sítios a visitar em Campo Maior

Campo Maior uma das vilas de Portugal, com uma história atribulada, fronteira com Espanha, ocupada por celtas, romanos, mouros e passagem das tropas francesas de Napoleão.
No interior de Portugal. O Alentejo profundo. Continuamos por este Portugal, para descobrir mais um dos lugares lindos e dos sítios a visitar.

Desta vez fomos passear pelas Vilas de Portugal Interior, no Alentejo profundo. Depois de Arronches passámos por Campo Maior, mais um dos lugares lindos que vamos descobrindo por este Portugal.

Campo Maior uma das vilas de Portugal interior com uma história atribulada, fronteira de Portugal com Espanha, foi ocupada por celtas, romanos, mouros e passagem das tropas francesas de Napoleão.

Em 1297, após a assinatura do Tratado de Alcanizes, Campo Maior passou a fazer parte de Portugal, juntamente com Olivença e Ouguela.

No dia 16 de Setembro de 1732, durante uma violenta tempestade, caiu um raio sobre o Castelo que atingiu em cheio os paióis de munições e pólvora aí existentes. Foi uma explosão de tal forma violenta que destruiu praticamente uma das vilas de Portugal e matou grande parte da população.

Foi D. João V que mandou reerguer o Castelo, que ainda existe, embora neste momento se encontre quase destruído, por ter sido abandonado e vandalizado durante vários anos.

Referia a imprensa, em 2010, que viviam 50 famílias junto ao Castelo quando ocorreu um desmoronamento parcial do monumento.

Na Praça principal não podia faltar uma notável estátua de um dos grandes obreiros da riqueza da região na produção e comercialização de café, o Comendador Rui Nabeiro.

Estátua do Comendador Rui Nabeiro
Estátua do Comendador Rui Nabeiro

Mas Campo Maior tem muito para ver e aprender. A nossa próxima paragem foi no Museu Aberto.

Continue reading “Vilas de Portugal. Sítios a visitar em Campo Maior”

Siga-nos e faça um Like:

Locais a visitar em Portugal. Passeio pelo Interior de Portugal.

Fomos passear pelo interior de Portugal, no Alentejo profundo. Da panóplia de locais a visitar em Portugal, escolhemos Arronches e Campo Maior. Vilas e Aldeias com história, marcadas pela defesa da fronteira.

Locais a visitar em Portugal, pensámos e escolhemos passear pelo interior de Portugal, o Alentejo profundo. Começámos por Arronches e passámos por Campo Maior, duas aldeias históricas que precisamos de visitar e apreciar para melhor conhecer o País.

Arronches foi conquistada por D. Afonso Henriques mas enquanto a ocupação pelos mouros não foi totalmente resolvida foi sendo perdida e reconquistada, primeiro por D. Sancho II e por fim por D. Paio Peres Correia em 1242.

Continue reading “Locais a visitar em Portugal. Passeio pelo Interior de Portugal.”

Siga-nos e faça um Like:

Nazaré, terra de ondas gigantes: de D. Fuas Roupinho a Garret Mc Namara

A história da Imagem da Nossa Senhora da Nazaré, a lenda da Nazaré e o milagre que salvou D. Fuas Roupinho, passando pelo surf dos anos do “peace and love” até às ondas gigantes do canhão da Nazaré e o record da maior onda surfada do mundo. Tudo se conta com imagens e videos empolgantes.

D. Fuas Roupinho não surfava ondas gigantes, mas é uma notável figura da Nazaré.

Dom Fuas, foi um dos fiéis companheiros de D. Afonso Henriques, possivelmente um dos  Cavaleiros da Ordem dos Templários, que viria a ser extinta em 1312.

Foi o primeiro Almirante da Armada Portuguesa e ficou para a História por ter estado envolvido num célebre acontecimento, em tempos idos, registado como a “Lenda da Nazaré”.

Reza a “Lenda da Nazaré” que, ao raiar do dia 14 de setembro de 1182, D. Fuas Roupinho, Alcaide do Castelo de Porto de Mós, fazia a sua caçada perto da orla marítima. Nessa manhã, o nevoeiro era denso e no afã da perseguição a um veado, D. Fuas não se terá apercebido da proximidade da falésia, que tão bem conhecia.

Sítio da Nazaré, A Falésia, DGPC/SIPA foto 00915232, Paula Noé, 2012.
Sítio da Nazaré, A Falésia, DGPC/SIPA foto 00915232, Paula Noé, 2012.

E, quando deu conta que estava à beira do abismo, perto da gruta onde se venerava a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, sentiu a sua hora chegar e, in extremis, gritou:

“Senhora, Valei-me!”

Continue reading “Nazaré, terra de ondas gigantes: de D. Fuas Roupinho a Garret Mc Namara”

Siga-nos e faça um Like:

Passeio de barco no Douro, uma das mais belas paisagens de Portugal

Na escolha de locais para visitar esta é uma das viagens a fazer, para apreciar um dos lugares mais bonitos de Portugal.
A não perder!
O rio Douro e a sua paisagem, de uma beleza natural e moldada pela mão humana, é imperdível em Portugal.

Nos nossos passeios em Portugal, esta foi uma viagem muito agradável uma viagem pelo rio Douro, um dos lugares mais bonitos de Portugal, acompanhados por gente simpática de diversas nacionalidades. Nós fomos e adorámos!

O passeio de barco pelo Douro, começou no Cais da Ribeira, pela manhã, bem cedo.

Preparados para o Passeio de barco no Douro, no Cais da Ribeira
Preparados para o Passeio de barco no Douro, no Cais da Ribeira

Daqui a pouco começamos o passeio de barco pelo Douro.

O rio Douro é um dos maiores rios da Península Ibérica e o maior rio que atravessa Portugal. Nasce em Espanha, na serra de Urbião, desaguando entre as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia.

Vista do Porto, um dos locais para visitar
Vista do Porto, um dos locais para visitar

O Porto parece emergir do rio Douro.

Continue reading “Passeio de barco no Douro, uma das mais belas paisagens de Portugal”

Siga-nos e faça um Like: